Cidade

Nova decisão judicial mantém gratuidade de policiais em ônibus de Salvador

A gratuidade para policial militar e civil em coletivos de Salvador tem uma nova história. Nesta quarta-feira (22), a desembargadora Maria da Purificação da Silva concedeu efeito suspensivo à decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que extinguia a gratuidade dos policiais em ônibus. A medida cautelar foi acionada pela Procuradoria Geral do Estado no TJ-BA.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Secom GovBa

Por Bárbara Gomes no dia 22 de Julho de 2015 ⋅ 11:08

A gratuidade para policial militar e civil em coletivos de Salvador tem uma nova história. Nesta quarta-feira (22), a desembargadora Maria da Purificação da Silva concedeu efeito suspensivo à decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que extinguia a gratuidade dos policiais em ônibus. A medida cautelar foi acionada pela Procuradoria Geral do Estado no TJ-BA. 

Além de manter a gratuidade do transporte, a decisão atual dispensa aos policiais baianos quando em serviço, o uso do fardamento e do número de dois policiais por ônibus. O procurador geral do estado, Paulo Moreno Carvalho, disse que o TJ demonstrou elevado espírito público e sensibilidade em face à questão da Segurança Pública na Bahia. "O Governo continuará o seu esforço de fortalecer a atuação do sistema policial do Estado”, afirmou.

Notícias relacionadas