Cidade

Major garante liberação da Paralela após protesto e assaltos

Uma manifestação deixou o trânsito na Avenida Luís Viana Filho, a Paralela, completamente travado no final da tarde desta sexta-feira (24). Um grupo de moradores do Bairro da Paz ateou fogo em um caminhão guincho que ficou atravessado na pista e começou a fazer o protesto pela prisão de uma jovem que reside na região. Com o protesto, ladrões começaram a realizar assaltos entre os carros parados no engarrafamento. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Leitor Metro1

Por Matheus Simoni no dia 24 de Julho de 2015 ⋅ 18:17

Uma manifestação deixou o trânsito na Avenida Luís Viana Filho, a Paralela, completamente travado no final da tarde desta sexta-feira (24). Um grupo de moradores do Bairro da Paz ateou fogo em um caminhão guincho que ficou atravessado na pista e deu início a um protesto por conta da prisão de uma jovem moradora da região. Com o enorme engarrafamento que se formou, ladrões aproveitaram a oportunidade para assaltar os motoristas.

A Polícia Militar conseguiu pôr fim ao protesto por volta das 18h. Em entrevista à Rádio Metrópole, o major César Castro falou sobre a liberação da pista após a manifestação. "A via foi liberada. Os moradores manifestantes queimaram objetos, mas a gente conseguiu, com a presença da polícia, afastar os populares e conter o incêndio", disse ele. 

Notícias relacionadas

[Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações]
Cidade

Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações

Por Matheus Simoni no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 15:00 em Cidade

Os maratonistas que ficaram em primeiro lugar na categoria geral masculina e feminina levam para casa R$ 22 mil. A prova aconteceu na manhã de hoje (23), em Salvador