Cidade

“Cobrança do ITIV não deixa de ser entrave”, diz presidente da Ademi-BA

O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Luciano Muricy Fontes, disse em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (28), que o atual momento é ideal para a compra de imovéis. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 28 de Julho de 2015 ⋅ 08:28

O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Luciano Muricy Fontes, disse em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (28), que o atual momento é ideal para a compra de imovéis. “Há ofertas bastante heterogêneas e os preços estão bastante convidativos, os preços estão se incorporando, óbvio que os preços estão mais caros. Esse também é o momento para investir”, afirmou.

“É fácil, por exemplo, fazer a troca de um imóvel, dispomos de crédito para financiamento e imóveis usados. A família cresce, as dificuldades vão aparecendo. Temos imóveis em todos os locais da cidade, com todas as faixas de preço, uma parte dos imóveis está em obras, a variedade é grande”, completou.

Sobre a cobrança do Imposto de Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis (ITIV) de uma só vez, por parte da Prefeitura de Salvador, Muricy foi direto: “Não deixa de ser um entrave essa cobrança. O prefeito acabou de enviar à Câmara de Vereadores a proposta de parcelamento do ITIV, que no nosso entendimento merece ajustes. Salvador é a única cidade do Brasil que tem essa prática”, disse.

Fontes ainda elogiou a a ocupação habitacional do Centro Histórico de Salvador. “É uma tendência natural no mundo inteiro, mais que normal. Temos toda a infraestrutura”, destacou.

Notícias relacionadas

[Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações]
Cidade

Maratona de Salvador garante R$ 163 mil em premiações

Por Matheus Simoni no dia 23 de Setembro de 2018 ⋅ 15:00 em Cidade

Os maratonistas que ficaram em primeiro lugar na categoria geral masculina e feminina levam para casa R$ 22 mil. A prova aconteceu na manhã de hoje (23), em Salvador