Cidade

Entre Páginas: ação dos anos 80, manual de português e literatura digital

O escritor e jornalista Guilherme Solatri lançou recentemente o livro “As Crônicas do Cascavel”, a história de Valter Torres, pacato dono de uma videolocadora falida na zona leste de São Paulo, que decide lutar contra o crime depois de ser assaltado seguidamente. Os assaltos culminaram na trágica morte de Charles Bronson, sua tartaruga de estimação. Assistindo a filmes de ação dos anos 80, ele aprendeu o kickboxe de Van Damme, o pugilismo de Stallone, o aikidô de Steven Seagal, a explodir como Schwarzenneger, a chutar traseiros como Chuck Norris, as frases de efeito de Bruce Willis. Seu nome nas noites sem lei se torna Cascavel, e essas são as suas crônicas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Ilustrativa

Por Nardele Gomes no dia 30 de Julho de 2015 ⋅ 17:30

O escritor e jornalista Guilherme Solatri lançou recentemente o livro “As Crônicas do Cascavel”, a história de Valter Torres, pacato dono de uma videolocadora falida na zona leste de São Paulo, que decide lutar contra o crime depois de ser assaltado seguidamente. Os assaltos culminaram na trágica morte de Charles Bronson, sua tartaruga de estimação. Assistindo a filmes de ação dos anos 80, ele aprendeu o kickboxe de Van Damme, o pugilismo de Stallone, o aikidô de Steven Seagal, a explodir como Schwarzenneger, a chutar traseiros como Chuck Norris, as frases de efeito de Bruce Willis. Seu nome nas noites sem lei se torna Cascavel, e essas são as suas crônicas. 
Também na semana passada eu conversei com a professora e colunista do Correio Braziliense, Dad Squarisi. Juntamente com Paulo José Cunha ela lançou o livro “1001 Dicas de Português, Manual Descomplicado”. O livro é um tira-dúvidas prático e acessível para todos que querem respostas rápidas para aqueles “brancos” ou aquelas “pegadinhas” que a língua nos prega. E sem a enrolação e a seriedade daqueles grandes e complexos compêndios gramaticais cheios de termos difíceis. Qual a diferença entre “ao invés de” e “em vez de”? “Água-de-colônia” se escreve com hífen mesmo? Aliás, por que “água-de-colônia” tem esse nome? Para essas e muitas outras questões, o leitor encontrará aqui respostas claras, diretas e divertidas, tudo organizado em ordem alfabética.
E nosso ouvinte Reinhard Lackinger é escritor e a gente não sabia. Ele tem quatro livros digitais em português à venda em versão kindle no site Amazon.  "O Legado do Gringo Louco"; "Idade Mídia"; "O Brasil levado a sério" e "Love Food, abrindo o apetite para o amor". Segundo ele, esse último foi lançado em papel em 2012, com Mário Kértesz redigindo uma das duas orelhas. A outra foi de Joaci Góes.

Notícias relacionadas

[Othon Bahia demitirá 240 funcionários ]
Cidade

Othon Bahia demitirá 240 funcionários 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 12:00 em Cidade

Além das unidades da Bahia e Minas Gerais, o grupo deve fechar as dependências no Rio de Janeiro

[Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça ]
Cidade

Áreas nobres de Salvador ficam sem água nesta terça 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Novembro de 2018 ⋅ 07:20 em Cidade

De acordo com a Embasa, a medida será tomada para a manutenção periódica e lavagem em equipamentos do reservatório que fica no bairro da Federação