Cidade

Carnaval 2017: 400 linhas de ônibus atenderão foliões durante a festa

Os foliões contarão com uma frota de 2,6 mil ônibus distribuídos em 400 linhas durante o Carnaval de Salavdor. Uma das novidades disponibilizadas pela Secretariade Mobilidade de Salvador (Semob) é a linhaOndina/Costa Azul, que vai rodar exclusivamente pela Orla. [Leia mais...]

[Carnaval 2017: 400 linhas de ônibus atenderão foliões durante a festa]
Foto : Gabriel Lima/ Agecom

Por Matheus Morais no dia 16 de Fevereiro de 2017 ⋅ 12:42

Os foliões contarão com uma frota de 2,6 mil ônibus distribuídos em 400 linhas durante o Carnaval de Salvador. Uma das novidades disponibilizadas pela Secretaria  de Mobilidade de Salvador (Semob) é a linha  Ondina/Costa Azul, que vai rodar exclusivamente pela Orla.

A tarifa custará o mesmo valor já praticado pelos ônibus convencionais: R$ 3,60. Segundo a Semob, 50 ônibus farão o transporte gratuito da Avenida Centenário até a Estação da Lapa para facilitar o acesso dos foliões a outras linhas. Também serão disponibilizadas para os foliões 45 linhas do Subsistema de Transporte Especial Complementar (Stec), que funcionarão das 4h a 0h.

Já os micro-ônibus da Stec vão atender as áreas do Vale do Canela, Avenida Garibaldi e Praça Cairú, com roteiros para Paripe, Ceasa, São Cristóvão, Periperi, Cajazeiras, Itapuã e Brasilgás. Ficará à disposição, ônibus da frota reguladora nas Estações da Lapa, Pirajá, Mussurunga e Barroquinha.


A criação de pontos especiais de embarque e desembarque durante o Carnaval nas avenidas Garibaldi e Centenário, Praça Cairú (em frente ao Elevador Lacerda) e Reitor Miguel Calmon (Vale do Canela) também é outra novidade apresentada pela Semob. 

Contando com seis pontos de parada e uma frota de 50 coletivos, também será lançado neste Carnaval o Expresso Carnaval, que terá quatro linhas disponíveis. As linhas sairão do Salvador Shopping e do Salvador Norte Shopping a cada 15 minutos. A tarifa cobrada será R$25 por pessoa e considera ida e volta. Segundo a Semob, qualquer pessoa poderá acessar esse serviço, e não apenas aquelas que deixarem seus carros estacionados nos pontos de acesso.

 

Notícias relacionadas