Cidade

Era uma vez o Beco do França: reforma do Rio Vermelho descaracteriza boemia

A requalificação do bairro do Rio Vermelho, feita pela Prefeitura de Salvador, vai descaracterizar um dos locais mais tradicionais da boemia soteropolitana, o beco do Boteco do França, ponto de encontro de quem gosta de tomar uma cerveja gelada e comer bons petiscos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tiago Nery/Rio Vermelho em Ação

Por Matheus Morais no dia 30 de Julho de 2015 ⋅ 13:21

A polêmica requalificação do bairro do Rio Vermelho, feita pela Prefeitura de Salvador, descaracterizou um dos locais mais tradicionais da boemia soteropolitana, o beco do Boteco do França, ponto de encontro de quem gosta de tomar uma cerveja gelada e comer bons petiscos.

A reforma das ruas do bairro, que corre a pleno vapor apesar das manifestações de grupos de moradores, já cimentou as tradicionais pedras portuguesas, que abrigam as mesas e cadeiras de madeira, espalhadas pela calçada — parte do charme todo especial do beco.

Por conta da obra, o Boteco do França está fechado nesta quinta-feira (30), mas reabrirá nesta sexta. Resta saber qual vai ser a reação da clientela.

 

Notícias relacionadas