Cidade

Professor da Ufba é afastado por acusação de machismo e homofobia

O professor do Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Luiz Santiago Assis foi afastado da instituição após denúncias de um grupo de estudantes. De acordo com informações do Correio, ele é acusado de declarar frases de cunho sexista, como "mulher ou é bonita ou é inteligente" durante as aulas. As alunas diziam se sentir constrangidas com piadas de conotação sexual. Santiago foi afastado por 60 dias das salas de aula para responder a um processo interno para apurar as acusações. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Juliana Almirante no dia 26 de Maio de 2015 ⋅ 11:17

O professor do Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Luiz Santiago Assis foi afastado da instituição após denúncias de um grupo de estudantes. De acordo com informações do Correio, ele é acusado de declarar frases de cunho sexista, como "mulher ou é bonita ou é inteligente" durante as aulas. As alunas diziam se sentir constrangidas com piadas de conotação sexual. Santiago foi afastado por 60 dias das salas de aula para responder a um processo interno para apurar as acusações. 

Estudantes que receberam aulas em diferentes semestres se reuniram e protocolaram na Ouvidoria da universidade uma denúncia de assédio sexual. No documento entregue à instituição, elas apontam o professor como machista, preconceituoso e homofóbico. Ele já teria criticado as alunas por usarem bermudas porque seria uma "provocação" sexual: "Nenhuma mulher de respeito deveria usar shorts curtos".

No Instituto de Física, foi criada uma comissão de sindicância para apurar o caso no dia 14 de maio. O grupo tem 30 dias para concluir a apuração, com possível prorrogação de mais 30 dias. O professor não foi localizado pela reportagem para comentar as acusações.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador]
Cidade

Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2018 ⋅ 09:30 em Cidade

Testemunhas relataram que a embarcação estava atracada no Saveiro Clube, localizado na Avenida Portos dos Mastros. A Marinha também auxiliou a ação