Cidade

Este sábado tem Nando Reis e Scambo no Encontros de Verão; veja

A agenda cultural deste sábado está com a programação cheia. Tem Nando Reis e Scambo, Olodum, Jam no Mam e muito mais. [Leia mais...]

[Este sábado tem Nando Reis e Scambo no Encontros de Verão; veja]
Foto : Reprodução /Facebook

Por Laura Lorenzo no dia 17 de Fevereiro de 2017 ⋅ 19:15

A agenda cultural deste sábado está com a programação cheia. Tem Nando Reis e Scambo, Olodum, Jam no Mam e muito mais. 

Veja:

Encontros de Verão

A festa 'Encontros de Verão' terá sua segunda edição em Salvador em fevereiro. O evento acontecerá em Vilas do Altântico a segunda noite será no dia 18 de fevereiro, a partir das 22h, com o cantor e compositor Nando Reis divide o palco com a banda baiana Scambo.

  • 18/2
  • 22h
  • Armazém Hall
  • R$ 50,00 (Pista) e R$ 80,00 (Área VIP) e R$ 90,00 (Camarote) 


Bloco Afro Olodum

Neste sábado, (18/2), adolescentes entre 07 e 21 anos dos cursos de percussão, dança, tranças e turbantes fazem o último ensaio pelas ruas do Pelourinho. Na quarta-feira, (22/2), a banda percussiva Juvenil da Escola Olodum participa do Cortejo de Abertura do Carnaval 2017 . O desfile parte da Praça Municipal em direção a Praça Castro Alves. Participam deste projeto 35 jovens percussionistas dos Núcleos, sendo esta ação uma forma de empoderar os jovens das comunidades de Salvador.

  • Pelourinho 
  • 18/2
  • Grátis


Jam no Mam

O JAM no MAM é o projeto que leva aos finais de semana do Museu de Arte Moderna de Salvador uma trilha sonora especial, baseada no estilo das jam sessions. O local tem uma das mais belas vistas da cidade e o projeto acontece no pôr do sol. 

  • 18/2
  • 18h
  • Museu de Arte Moderna da Bahia
  • R$ 4,00 (Meia) e R$ 8,00 (Inteira) 


A Bofetada

Onze divertidos personagens como Fanta Maria, Pandora Luzia, Eleonora, Vânia e Dirce, que se revezam em três esquetes: “O Calcanhar de Aquiles” (de Mauro Rasi), “O Ponto e a Atriz” e “Fanta e Pandora” (ambos de Miguel Magno e Ricardo de Almeida) estarão em cena. Centrada basicamente no tempo de comédia do ator, a peça tem uma comunicação direta com o público, através de referências retiradas do cotidiano com muito improviso dos atores Diogo Lopes Filho, Mario Bezerra, Marcos Barretto e Lelo Filho, que também assina a direção, juntamente com o diretor assistente Odilon Henriques.

  • Sábados e domingos, até 19/02
  • 21h (sáb) e 20h (dom)
  • Cine-Teatro Sesc Casa do Comércio
  • R$ 50 (inteira)


Ganhadeiras de Itapuã participam do Carnaval de Salvador

 A folia vai ganhar ainda mais simpatia e samba dos bons com o grupo As Ganhadeiras de Itapuã nesse Carnaval. Durante o Carnaval e nos dias que antecedem a folia, o grupo se apresenta nos principais circuitos carnavalescos de Salvador: Orlando Tapajós (Barra), com o Fuzuê, Osmar (Campo Grande), com o Furdunço e o no palco principal do Pelourinho com o projeto Flores do Samba.

  • 18/2
  • 15h
  • Ondina-Barra
  • Grátis


Grupo Apuama e Laila Rosa

Esse encontro musical se propõe a fazer um passeio por gêneros e estilos musicais da música popular brasileira, sobretudo nordestinos, entre composições autorais e de compositores muitas vezes pouco conhecidos pelo grande público.

  • 18/2
  • 21h
  • Tropos (Rio Vermelho)
  • Pague quanto quiser

 

Sessão em homenagem ao cineasta Pier Paolo Pasolini com exibição de clássicos do cinema italiano

A Sala Walter da Silveira recebe a Sessão dupla Pasolini, com filmes que homenageiam o grande cineasta italiano Pier Paolo Pasolini, conhecido por sua versatilidade cultural. Os contos de Canterbury e Decameron.

  • 16/2 a 21/2
  • Os contos de Canterbury: 15h; Decameron: 17h
  • Sala Walter da Silveira (Barris)
  • Grátis

 

Kal Rebello e RP3 no Casarão de Itapuã

A cantora e instrumentista, Kal Rebello continua sua turnê em carreira solo. O evento conta com o show de abertura da banda RP3, levando em seu repertório interpretações de clássicos do Rock e Heavy Metal dos anos 60 a 80. A formação acústica é composta pelo vocalista Ronaldo Pitanga, integrante das bandas Sincope e Indominus, acompanhado pelos ilustres músicos: Paulo Toussaint (Grupo Chorando Pitangas) e João Paulo (Ex- integrante da Facção) nos violões.

  • Espaço Cultural Casarão de Itapuã
  • 18/2
  • 21h
  • R$ 5


Exposição Doce de Santo

A magia e a popularidade que envolve a devoção a São Cosme e São Damião foram o ponto de partida para a proposta, agregando posteriormente o real e o imaginário de cada artista. Com idealização e curadoria dos artistas José Henrique Barreto e Luiz Cláudio Campos, a mostra traz obras de cerca de 365 artistas de diferentes localidades. As fotografias expostas são impressas como rótulos e inseridas em compotas de doces. As fotos se dividem entre registro e obra. Também será realizado um bate-papo com artistas e oferecidas 15 vagas para uma oficina de fotografia, onde os melhores trabalhos serão aproveitados para a exposição.

  • 10/2 a 19/3, ter a dom
  • 13h às 18h
  • Capela do MAM
  • Grátis


Paroano sai Milhó: 54 Carnavais

  • Nestas duas apresentações, o Paroano reviverá, com o público, um pouco de sua história e o convidará a cair na folia. Um momento único para reviver músicas, como Plataforma, Vai Passar, Sintonia, Zanzibar, Fogo e Paixão, Iolanda, um pout pourri de Caetano Veloso e Gilberto Gil, outro de Moraes Moreira, além de grandes clássicos dos nossos carnavais.
  • 18/2
  • 20h30
  • Café Teatro Rubi
  • R$ 80,00 (Couvert) 


Novos Caminhos

Com seu violão e contrabaixo acústico o músico traz nas suas composições influencias dos ritmos populares da Argentina, Brasil e Uruguai, numa homenagem a alguns músicos destas terras.

  • 18/2
  • 20h
  • Teatro Gamboa Nova
  • R$ 10,00 (Meia) e R$ 20,00 (Inteira) 


Temporada do espetáculo Diário de uma Vagina no Teatro de Plataforma

Com muito humor, ela comenta sua revolta contra a falta de sensibilidade, cuidado, amor e atos violentos entre gênero a partir das aventuras e experiências amorosas da sua dona durante a trajetória de construção de um novo caminho para reencontrar a felicidade afetiva. O Espetáculo permeia a atmosfera cômica, dramática, une o realismo e o fantástico a partir da primeira personagem, a Vagina, que se coloca como porta voz de uma mulher, “sua dona”, segunda personagem da trama. Esta reflete a essência das mais diversas mulheres da vida real, seus alter egos e permite refletir, discutir, normas, conceitos, práticas sociais que regem questões sobre: o mundo, a vida, o homem, a sexualidade, relações afetivas, a violência contra a mulher, suas decorrências a partir de experiências amorosas.

  • Centro Cultural de Plataforma
  • 10/2, 11/2, 17/2 e 18/2
  • 19h
  • R$ 20 e R$ 10


Compadre de Ogum

O espetáculo 'Compadre de Ogum', adaptação da obra de Jorge Amado, retorna em curta temporada de verão nesta sexta-feira, 27, ao Espaço Cultural da Barroquinha, seguindo até 18 de fevereiro. A obra, que já ganhou versão na televisão em 1994, narra a história do biscateiro Massu das Sete Portas, um homem negro que, com a ajuda de amigos, organiza o batizado de seu filho na igreja católica, cujo padrinho será o orixá Ogum.

  • Sextas e sábado até 18/02
  • 19h
  • Espaço Cultural da Barroquinha
  • R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)


Vidas Refugiadas

Com 22 imagens produzidas pelo fotógrafo Victor Moriyama, a exposição revela as necessidades, os dilemas e as conquistas de mulheres refugiadas no Brasil. Seja pelas singulares expressões das fotos clicadas em estúdio ou mesmo os registros cotidianos das personagens, a mostra, ao revelar as dificuldades e os problemas vivenciados por essas mulheres, joga luz sobre suas conquistas, valores e esforços para a construção de dias melhores no país de acolhida.

  • De terça a domingo, até 05/03
  • 13h às 19h (ter a sex) | 14h às 19h (sáb, dom e feriados)
  • Palacete das Artes Rodin
  • Grátis

 

Limusine

Liderada pelos atores e cantores Diogo Lopes Filho e Evelin Buchegger, a banda Limusine volta a cartaz em uma apresentação performática e dançante na Varanda do Sesi, Rio Vermelho. Com músicas que se tornaram sucesso nas vozes de cantores como Diana, Roberto Carlos, The Beatles, Celly Campelo, Rita Pavone e The Fevers, o repertório do grupo vai da jovem guarda à música romântica lançada no final dos anos 1960 – e que reinou até o final da década seguinte, ajudando vários artistas a saírem do anonimato e se tornarem grandes vendedores de discos. Sucessos como 'Porque brigamos', com Diana, 'Domingo feliz', com Ângelo Máximo e 'Twist and Shout', com The Beatles estarão na apresentação, instigando o público a cantar a letra junto com o grupo.

  • 18/2
  • 22h
  • Varanda do Sesi - Rio Vermelho
  • R$ 30,00 

Notícias relacionadas