Cidade

Prefeito diz que "pipoca está consolidada", mas defende blocos

A afirmação foi feita durante coletiva de imprensa, no início da tarde desta quarta-feira de cinzas (1º). Ainda segundo o prefeito, esse é um desejo do folião. [Leia mais...]

[Prefeito diz que
Foto : Ângelo Pontes/SECOM PMS

Por Camila Tíssia no dia 01 de Março de 2017 ⋅ 15:05

"Pra quê corda? Se a pipoca tá com a corda toda". A letra da música de trabalho da banda Armandinho, Dodô e Osmar virou realidade e agitou os foliões durante o Carnaval de Salvador deste ano. Para o prefeito ACM Neto, "o carnaval pipoca está consolidado, assim como o carnaval do trio sem cordas".

A afirmação foi feita durante coletiva de imprensa, no início da tarde desta quarta-feira de cinzas (1º). Ainda segundo o prefeito, esse é um desejo do folião. "A gente veio ampliando isso a cada ano, e é uma tendência que veio para ficar. Uma conquista do Carnaval de Salvador".

No entanto, Neto defendeu os blocos e falou que é preciso harmonizar todas essas vontades. "Não quer dizer que o bloco vai acabar. Os blocos também são importantes, porque movimentam a economia, geram emprego, oferecem um produto para o turista, para o folião local. E o Carnaval de Salvador sempre foi inclusivo, da soma e não vai ser diferente para o próximo ano".

Notícias relacionadas