Cidade

Bazar Social: após confusão, clientes passam a madrugada de domingo na fila

Depois de ser cancelado no sábado (1º) por excesso de público, o Bazar Social continuou reunindo pessoas no entorno do Palácio da Aclamação, na Av. Sete de Setembro, na madrugada deste domingo (2). O evento que aconteceria no decorrer do sábado, foi suspenso após reunir milhares de pessoas e gerar alguns tumultos, precisando da intervenção da Polícia Militar que chegou a usar spray de pimenta em alguns consumidores exaltados. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Luanne Carvalho

Por Bárbara Gomes no dia 02 de Agosto de 2015 ⋅ 10:00

Depois de ser cancelado no sábado (1º) por excesso de público, o Bazar Social continuou reunindo pessoas no entorno do Palácio da Aclamação, na Av. Sete de Setembro, na madrugada deste domingo (2). O evento que aconteceria no decorrer do sábado, foi suspenso após reunir milhares de pessoas e gerar alguns tumultos, precisando da intervenção da Polícia Militar que chegou a usar spray de pimenta em alguns consumidores exaltados.

Em nota, o Governo do Estado informou que apenas mil pessoas compareceram ao local do Bazar que vende produtos confiscados pela Receita Federal, com até 50% de desconto. O dinheiro arrecadado será destinado para obras das Voluntárias Sociais da Bahia.

Os produtos mais procurados no primeiro dia foram os itens de perfumaria e eletrônica, restando poucas unidades. Os demais produtos como, roupas, acessórios e artigos de cama e mesa, estão sendo ofertados neste domingo e na segunda-feira (3), das 9h às 18h, no Palácio da Aclamação, na Avenida Sete de Setembro, em Salvador. Neste segundo dia de vendas foram distribuídas 500 senhas com possibilidade de disponibilizar mais no decorrer da tarde.

A Transalvador informou que o fluxo de veículo nas proximidades da Av. Sete de Setembro é tranquilo na manhã deste domingo. Bem diferente do congestionamento que se estendeu pela manhã do último sábado na região.

Notícias relacionadas