Cidade

Bahia tem baixa adesão à carreira militar: "Somos lanterninhas"

O Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5), Luiz Roberto Mattos, ex-aluno do Colégio Militar de Salvador, falou sobre a instituição, em entrevista à Rádio Metrópole, e lamentou a não continuidade de alunos na carreira militar, após deixar o colégio. [Leia mais...]

[Bahia tem baixa adesão à carreira militar:
Foto : Tácio Moreira /Metropress

Por Milene Rios e Matheus Morais no dia 17 de Março de 2017 ⋅ 08:42

O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5), Luiz Roberto Mattos, ex-aluno do Colégio Militar de Salvador, falou sobre a instituição em entrevista à Rádio Metrópole e lamentou a não continuidade de alunos na carreira militar após deixar o colégio. 

“A Bahia tem pouca adesão, somos lanterninhas. Os alunos que se formam não seguem a carreira militar. Não sei por que o pessoal da Bahia pensa assim. Os alunos mudam muito de colégio durante a formação. Se o aluno tiver vocação para a vida militar, isso vai despertar no Colégio Militar”, disse o desembargador. 

Notícias relacionadas