Cidade

Audiência pública para debater Chacina do Cabula acontece nesta segunda

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA), em parceria com o movimento negro "Reaja ou Será Morto, Reaja ou Será Morta", vai realizar uma audiência pública nesta segunda-feira (20), às 9h, para debater a ação da Polícia Militar (PM) que resultou em 12 mortes e seis feridos no bairro do Cabula, em 2015. [Leia mais...]

[Audiência pública para debater Chacina do Cabula acontece nesta segunda]
Foto : Reprodução/Arisson Marinho

Por Yasmin Garrido no dia 17 de Março de 2017 ⋅ 18:17

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA), em parceria com o movimento negro "Reaja ou Será Morto, Reaja ou Será Morta", vai realizar uma audiência pública nesta segunda-feira (20), às 9h, para debater a ação da Polícia Militar (PM) que resultou em 12 mortes e seis feridos no bairro do Cabula, em Salvador, em fevereiro de 2015. A audiência vai acontecer na Escola Superior da Defensoria Pública da Bahia (Esdep), no Canela.

Após a absolvição dos nove policiais militares envolvidos na chacina, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, requereu o deslocamento de competência da ação para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), em 2016. De acordo com ele, houve "incongruências" nas investigações e "fatos que causam estranhamento".

Janot disse ainda que, "ao absolver sumariamente os policiais militares envolvidos, sem permitir que o andamento normal do processo ocorresse, a Justiça Estadual não levou em conta informações importantes que poderiam levar a um resultado diferente, o que demonstra a necessidade de a Justiça Federal assumir as investigações".

Notícias relacionadas