Cidade

Procon autua mercado no Garcia por vender produtos vencidos

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão vinculado à Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), identificou irregularidades em um mercado no fim de linha do bairro do Garcia. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação (arquivo)

Por Matheus Simoni no dia 04 de Agosto de 2015 ⋅ 14:23

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), órgão vinculado à Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), identificou irregularidades em um mercado no fim de linha do bairro do Garcia. Durante uma operação de fiscalização realizada na última sexta-feira (31), foram encontradas diversas irregularidades no Mercado Preço Bom.

De acordo com o órgão, o estabelecimento foi autuado por expor à venda produtos com prazo de validade expirado e mau acondicionamento de perecíveis, produtos sem informação de procedência, datas de fabricação e validade, além de não dispor de exemplar do Código de Defesa do Consumidor, em local visível e de fácil acesso aos clientes. O Procon também encontrou enlatados, biscoitos, farinhas de aveia, chás, latas de leite enferrujadas, 5,842 kg de filé de peixe merluza armazenados sem estar embalados contra contaminação, com cristais de gelo, o que significa que foram descongelados e recongelados, encontrados sem  data de fabricação e validade.

Além dos problemas como prazo de validade vencido, foram encontrados também: falta de identificação, embalagem violada, sem proteção ou acondicionados de forma inadequada. "É de fundamental importância a denúncia da população em casos como esse, sendo um crime a saúde do ser humano", avalia o superintendente do Procon-BA, Marcos Medrado.

Notícias relacionadas