Cidade

Zona Azul: \'Quem quiser, pode comprar a cartela na Transalvador\', diz Fabrizzio Muller

O superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, durante entrevista à Rádio Metrópole nesta quarta-feira (12), afirmou que existiram falhas na implantação do serviço de Zona Azul na cidade e, por isso, ainda há muitos problemas em torno dessa questão. [Leia mais...]

[Zona Azul: \'Quem quiser, pode comprar a cartela na Transalvador\', diz Fabrizzio Muller]
Foto : Tacio Moreira/Metropress

Por Yasmin Garrido e Luiza Leão no dia 12 de Abril de 2017 ⋅ 17:59

O superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, durante entrevista à Rádio Metrópole nesta quarta-feira (12), afirmou que existiram falhas na implantação do serviço de Zona Azul na cidade e, por isso, ainda há muitos problemas em torno dessa questão. \'Por falta de hábito da população, o sindicato dos vendedores da cartela de Zona Azul não deu certo\', disse.

De acordo com Fabrizzio, \'quando esse tipo de serviço surgiu em Salvador, as pessoas podiam adquirir a cartela da Zona Azul em bancas de jornal, por exemplo\'. No entanto, ele explicou que ninguém teve interesse em comercializar o produto, uma vez que a população não tinha o hábito de comprar, o que levou à adoção do formato atual do serviço. O superintendente, porém, esclareceu que, quem quiser, pode comprar as cartelas na Transalvador e não depender do \'flanelinha\' credenciado.

Fabrizzio ainda revelou que, até o final de 2017, a Prefeitura vai anunciar medidas para coibir a atuação dos \'flanelinhas\' clandestinos, aqueles que não estão credenciados junto à Transalvador e, mesmo assim, cobram do motorista pelo estacionamento em via pública.

Notícias relacionadas