Cidade

Usuários devem chegar pelo menos 30 minutos mais cedo na rodoviária, aconselha coordenador da Agerba

O trânsito na região do terminal Rodoviário de Salvador é bastante congestionado nesta sexta-feira (21) por conta do grande fluxo de pessoas que pretendem sair da capital baiana para aproveitar o feriado de Tiradentes. [Leia mais...]

[Usuários devem chegar pelo menos 30 minutos mais cedo na rodoviária, aconselha coordenador da Agerba]
Foto : Divulgação

Por Laura Lorenzo no dia 21 de Abril de 2017 ⋅ 09:18

O trânsito na região do terminal Rodoviário de Salvador é bastante congestionado nesta sexta-feira (21) por conta do grande fluxo de pessoas que pretendem sair da capital baiana para aproveitar o feriado de Tiradentes. Em conversa com o Metro1, o coordenador da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) na Rodoviária, Abdul Novaes, aconselhou que os usuários chegam na rodoviária com pelo menos 30 minutos de antecedência.

\'A gente recomenda ao usuário que compareça ao terminal rodoviário com pelo menos meia hora de antecedência, devido a esse engarrafamento, o que pode causar o atraso no horário ou a perda do horário\', preveniu o coordenador.

Ainda de acordo com Abdul, o grande congestionamento na entrada do terminal se deve à obras do metro. \'Esse engarrafamento que vem ocorrendo nas imediações do terminal é devido a construção de uma passarela do metrô. Esses engarrafamentos vem ocorrendo diariamente, e nesse dia de demanda causa grande engarrafamento\'.

A Agerba estima que 50 mil passageiros passem pela rodoviária entre o dia 20 e o dia 24. Ainda de acordo com a agência, os destinos mais procurados são Porto Seguro, Itacaré, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras, Lençóis, o Recôncavo Baiano e Regiões Metropolitanas de Salvador.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Rodoviários e empresários terão nova reunião hoje]
Cidade

Rodoviários e empresários terão nova reunião hoje

Por Alexandre Galvão no dia 23 de Maio de 2018 ⋅ 16:35 em Cidade

O encontro deve ter a presença do prefeito ACM Neto e vai acontecer um dia após o gestor acusar o empresariado de contribuir para a paralisação