Cidade

Proprietário do casarão que desabou na Ladeira da Soledade permanece foragido

Proprietário do imóvel localizado na Ladeira da Soledade que desabou na última segunda-feira (24), José Ivo da Costa Santos, permanece foragido. A parede lateral do casarão cedeu por volta das 23h e vitimou fatalmente três pessoas, ferindo outras duas. José Ivo foi notificado pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), no ano de 2011 e orientado a realizar a recuperação ou escoramento da edificação com urgência. O imóvel é tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).[Leia mais...]

[Proprietário do casarão que desabou na Ladeira da Soledade permanece foragido]
Foto : Leitor Metro1

Por Matheus Simoni no dia 25 de Abril de 2017 ⋅ 16:18

Proprietário do imóvel localizado na Ladeira da Soledade que desabou na última segunda-feira (24), José Ivo da Costa Santos, permanece foragido. A parede lateral do casarão cedeu por volta das 23h e vitimou fatalmente três pessoas, ferindo outras duas.

José Ivo foi notificado pela Defesa Civil de Salvador (Codesal), no ano de 2011 e orientado a realizar a recuperação ou escoramento da edificação com urgência. O imóvel é tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC).

A Codesal acompanha as investigações sobre o acidente junto à 2ª Delegacia, na Lapinha, que registrou queixa de familiares na madrugada após o desabamento. 'Moradores da região relataram que o proprietário havia mexido no telhado, não se sabe exatamente quando.

Ele estava mexendo no telhado de um imóvel tombado pelo IPAC, que determina que sejam preservadas as características do prédio, e não deve ter tido a liberação para isso', afirmou o diretor-geral do órgão, Gustavo Ferraz.

Notícias relacionadas

[Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS ]
Cidade

Homem diz ter cometido 13 estupros em Salvador e RMS

Por Juliana Almirante no dia 12 de Outubro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

Segundo a polícia, ele oferecia as oportunidades de emprego, se passava pelo motorista de um suposto contratante, e dopava as mulheres, antes de cometer os crimes