Cidade

Alunos da UNIRB reclamam que faculdade cobra reajuste não autorizado pelo MEC

Alunos do curso de Odontologia da Faculdade Regional da Bahia (UNIRB) questionam um reajuste da mensalidade realizado pela instituição. De acordo com os estudantes, em contato com o Metro1, para os alunos que ingressaram até 2012.1, a mensalidade sofreu um reajuste de 8%, passando de R$ 1.495,00 para R$ 1.625,00. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 07 de Agosto de 2015 ⋅ 18:30

Alunos do curso de Odontologia da Faculdade Regional da Bahia (UNIRB) questionam um reajuste da mensalidade realizado pela instituição. De acordo com os estudantes, em contato com o Metro1, para os alunos que ingressaram até 2012.1, a mensalidade sofreu um reajuste de 8%, passando de R$ 1.495,00 para R$ 1.625,00. O Ministério da Educação (MEC) limitou que as faculdades reajustassem o valor anualmente em até 6,4%.

Os alunos afirmam que os colegas que possuem o programa federal de crédito estudantil, o FIES, estão sendo obrigados a pagar uma diferença entre R$ 390,00 a R$ 780,00 que segundo eles, o programa não cobre. Uma aluna, que não quis se identificar que, afirmou que os estudantes que não pagarem essa diferença ficam com restrição no departamento financeiro e não conseguem fazer sua matrícula financeira e acadêmica, restando a única opção pagar para poder realizar o aditamento do fies e estudar.

"Fiquei abismada ao saber que a UNIRB está cobrando valores para os alunos realizarem matrículas e transferência. Alunos com 100% FIES não podem ser cobrados. O MEC e o FIES já estão cientes desse caso", afirmou ela. Ainda de acordo com a estudante, o MEC afirmou que os alunos da UNIRB estão sendo orientados a abrirem protocolos para registrar as irregularidades. "É ilegal quem tem fies 100% pagar algum valor por fora. Vamos entrar com ação judicial contra a instituição", afirmou ela.

Notícias relacionadas