Cidade

Secretário diz que Salvador tem mais de 600 mil imóveis em área irregular

O secretário municipal da Infraestrutura e Defesa Civil de Salvador, Paulo Fontana, diz que Salvador tem mais de 600 mil imóveis irregulares e que na Operação Chuva, a maior dificuldade é convencer os moradores para sairem da área de risco.

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Gomes no dia 27 de Maio de 2015 ⋅ 15:45


O secretário municipal da Infraestrutura e Defesa Civil de Salvador, Paulo Fontana, em entrevista ao programa Metrópole Serviço, apresentado por Dina Rachid, nesta quarta-feira (27), questionado sobre o problema das encostas, disse que Salvador tem mais de 600 mil unidades habitacionais implantadas irregularmente. O secretário informou que o governo já solicitou recursos ao Ministério da Cidade e da Integração para iniciar as obras das contensões.  

Paulo Fontana esclareceu que a maior dificuldade encontrada na Operação Chuva é convencer os moradores a deixarem as moradias condenadas. "O pessoal de San Martin, em área de risco, por exemplo, é difícil convencer as pessoas a saírem. Muitos preferem voltar, ou morar em outro local próximo das encostas", disse. 

O secretário destacou que a prefeitura colocou a disposição para os moradores desabrigados e ou prejudicados pelas chuvas, 400 casas do Minha Casa Minha Vida. "Até o momento conseguimos cadastrar 320 pessoas, ainda têm 80 vagas. As pessoas não querem sair das encostas. Preferem outras alternativas".

Comentarios

Notícias relacionadas

[Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador]
Cidade

Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2018 ⋅ 09:30 em Cidade

Testemunhas relataram que a embarcação estava atracada no Saveiro Clube, localizado na Avenida Portos dos Mastros. A Marinha também auxiliou a ação