Cidade

Estudantes protestam no Campo Grande contra cortes nos recursos da educação

Uma manifestação no Campo Grande, em Salvador, deixa o trânsito lento na Av. Sete de Setembro em direção à praça da Piedade. Estudantes universitários e professores estão reivindicando os cortes no financiamento da educação pública. Um dos integrantes do comando de greve estudantil, Felipe Baquero, disse ao Metro1 que os estudantes criticam a "privatização" da educação. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Matheus Morais/Metropress

Por Bárbara Gomes e Matheus Morais no dia 11 de Agosto de 2015 ⋅ 16:39

Uma manifestação no Campo Grande, em Salvador, deixa o trânsito lento na Av. Sete de Setembro em direção à praça da Piedade. Estudantes universitários e professores estão reivindicando os cortes no financiamento da educação pública. Um dos integrantes do comando de greve estudantil, Felipe Baquero, disse ao Metro1 que os estudantes criticam a "privatização" da educação. "O governo adotou políticas similares a do PSDB, não defendemos o governo nem o golpe. Mas estamos contra o ajuste fiscal e os cortes no financiamento da educação", afirmou.

Além do protesto, outros acontecimentos também provocaram lentidão no trânsito nesta tarde. No bairro Cosme de Farias, na rua Cosme de Farias um carro perdeu o controle e invadiu uma casa, ficando entre a calçada e o telhado do imóvel. A curiosidade dos passageiros causou retenção no fluxo do local. E uma obra da Coelba, na Av. Magalhães Neto, sentido orla, deixou o fluxo travado, desde às 12h.

Notícias relacionadas