Cidade

TCU dá mais 15 dias para Dilma explicar 'pedaladas fiscais' de 2014

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu, em sessão na tarde desta quarta-feira (12), dar mais 15 dias para que a presidente Dilma Rousseff apresente novos esclarecimentos sobre as contas do governo federal de 2014. As explicações são referentes a irregularidades apontadas pelo próprio TCU e que não foram incluídas no processo que analisa as chamadas “pedaladas fiscais”. Antes, o relator do processo, ministro Augusto Nardes, havia oferecido um prazo de 10 dias. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução / TCU

Por Stephanie Suerdieck no dia 12 de Agosto de 2015 ⋅ 17:03

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu, em sessão na tarde desta quarta-feira (12), dar mais 15 dias para que a presidente Dilma Rousseff apresente novos esclarecimentos sobre as contas do governo federal de 2014. As explicações são referentes a irregularidades apontadas pelo próprio TCU e que não foram incluídas no processo que analisa as chamadas “pedaladas fiscais”. Antes, o relator do processo, ministro Augusto Nardes, havia oferecido um prazo de 10 dias, mas resolveu acatar a sugestão de outros ministros e estendeu o prazo. A nova data começa a contar a partir da notificação à presidente, o que só deve ocorrer nos próximos dias.

O relator atendeu a um pedido feito pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), aprovado nesta terça-feira (11) pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado, solicitando que Dilma forneça informações adicionais. Nardes informou ainda que outra recomendação sobre a extensão do prazo já havia sido feita pela área técnica do TCU.

 

Notícias relacionadas