Cidade

Frentistas são obrigados a reverter situação de greve após decisão judicial

Após decisão judicial, os frentistas tiveram que reabrir os postos de combustíveis nesta quinta-feira (13). A categoria estava em greve, desde a última segunda-feira (10), reivindicando reajuste salarial de 9% e auxílio-alimentação em 15,8%. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Driele Veiga/ Aratu Online

Por Paloma Andrade no dia 13 de Agosto de 2015 ⋅ 15:47

Após decisão judicial, os frentistas tiveram que reabrir os postos de combustíveis nesta quinta-feira (13). A categoria estava em greve, desde a última segunda-feira (10), reivindicando reajuste salarial de 9% e auxílio-alimentação em 15,8%. O diretor de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores de Postos de Combustíveis da Bahia (Sinposba), Paulo Félix, disse, em entrevista ao G1, que a decisão foi tomada até a entidade conseguir reverter a determinação judicial que impede o fechamentos dos postos. 

“Tivemos que dar uma segurada em Salvador, mas estamos com 20 postos fechados em Feira de Santana. O que acontece é que foi obtida uma liminar com efeito suspensivo, com multa diária ao sindicato, caso os postos forem fechados em Salvador. O departamento jurídico do sindicato entrou com representação. Assim que conseguirmos uma decisão favorável, vamos voltar à greve com toda força”, garantiu. De acordo com o Sinposba, uma reunião está marcada para acontecer na próxima segunda-feira (17) entre patronato e trabalhadores, na Superintendência Regional do Trabalho (SRTE).

Notícias relacionadas