Cidade

Manno Góes defende debate político sem 'esquerdismo' e 'direitismo'

Durante o Entre Páginas Especial, nesta terça-feira (17), no Teatro Eva Herz, o cantor e compositor Manno Góes comentou sobre as atuais discussões políticas no país. Para ele, as pessoas devem se distanciar dos rótulos das vertentes políticas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 17 de Agosto de 2015 ⋅ 17:24

Durante o Entre Páginas Especial, nesta terça-feira (17), no Teatro Eva Herz, o cantor e compositor Manno Góes comentou sobre as atuais discussões políticas no país. Para ele, as pessoas devem se distanciar dos rótulos das vertentes políticas.

"O que eu questiono muito é ser oposição por oposição e posicionamentos sem ideologias. No final do mandato dele, tudo isso fomentou um período histórico em que o lado positivo de FHC foi esquecido, da mesma forma como vem acontecendo hoje com o Lula, diante de todas essas acusações de que ele tenha contribuído ou não. Todo esse discurso político faz parte da dinâmica. Temos que ter cuidado para não repetir todos esses discursos políticos atuais. FHC não pode ser o presidente do Plano Real, assim como Lula não é o presidente do Petrolão. Temos muitas oportunidades de discutir e debater longe das paixões. Falar que você é Petralha ou Coxinha, isso tudo diminui a discussão", disse ele.

Notícias relacionadas