Cidade

Pondé explica o processo de criação do livro "Os dez mandamentos + um"

Durante o Entre Páginas do Grupo Metrópole, realizado nesta segunda-feira (17), Pondé explicou como aconteceu o processo de criação do livro "Os dez mandamentos + um". Ele disse que a obra nasceu numa conversa com o Alcino Leite, cofundador do caderno Mais da Folha e atualmente chefe da editora Três Estrelas. "O Alcino sugeriu que eu escrevesse sobre filosofia da religião e teologia, com a proposta de algo como os dez mandamentos. Ele me lançou o desafio e topei. Mas ele falou que era para fazer mais um mandamento", explicou. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Bárbara Gomes e Matheus Simoni no dia 17 de Agosto de 2015 ⋅ 18:43

Durante o Entre Páginas Especial, realizado nesta segunda-feira (17), no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura do Salvador, o escritor Luiz Felipe Pondé explicou como aconteceu o processo de criação do livro "Os dez mandamentos + um". Ele disse que a obra nasceu numa conversa com o Alcino Leite, cofundador do caderno Mais da Folha e atualmente chefe da editora Três Estrelas. "O Alcino sugeriu que eu escrevesse sobre filosofia da religião e teologia, com a proposta de algo como os dez mandamentos. Ele me lançou o desafio e topei. Mas ele falou que era para fazer mais um mandamento", explicou.

Pondé disse que para ajudar na elaboração do livro, ele estudou sobre a série polonesa, Decálogo, do diretor Krzysztof Kie?lowski, que discute os dez mandamentos na Polônia. "Achei que era para fazer uma errata para Deus. Tudo que eu faço no meu trabalho eu gosto. Quem olha, acha que eu só faço graça. Comecei a escrever o livro, anos escrevendo o artigo e conversando sobre esse tema, vi que tinha um foco sobre a literatura hebraica. Não tinha a mínima ideia sobre os 11 mandamento. Mas quando eu estava perto do oitavo, os outros começaram a nascer na minha cabeça", relatou Pondé.

Notícias relacionadas