Cidade

Liminar que suspendia obras de drenagem do Rio Jaguaribe é revogada

A liminar que suspendeu as obras de requalificação e macrodrenagem em toda extensão do Rio Jaguaribe, localizado na Av. Octávio Mangabeira, na orla de Salvador, foi suspensa na última sexta-feira (11). [Leia mais...]

[Liminar que suspendia obras de drenagem do Rio Jaguaribe é revogada]
Foto : Marcelo Timbó/Leitor Metro1

Por Laura Lorenzo no dia 12 de Agosto de 2017 ⋅ 11:37

A liminar que suspendeu as obras de requalificação e macrodrenagem em toda extensão do Rio Jaguaribe, localizado na Av. Octávio Mangabeira, na orla de Salvador, foi suspensa na última sexta-feira (11). As intervenções, orçadas em cerca de R$ 270 milhões captados junto ao Governo Federal e o Ministério das Cidades, foram propostas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), do Governo do Estado, e agora podem ser retomadas, após um mês e meio paradas.

As obras tinham sido interrompidas atendendo a uma ação popular movida pelo advogado Marcelo Timbó, que como muitos moradores da região é contra as intervenções. Além de criticar a ineficiência da obra, que de acordo com ele utiliza uma técnica retrograda, o advogado ainda afirmou que o processo licitatório para a autorização da intervenção não foi feito de maneira correta e que vai recorrer da decisão.

\"O grande problema é que neste tipo de ação o tempo corre contra a gente. Em pouco tempo, dois ou três meses, o rio já vai estar todo desfigurado. Mas a gente vai recorrer, porque é um licenciamento completamente nulo, absurdo. Um projeto de R$ 273 milhões licenciado por uma Licença Unificada, que é para empreendimentos simples e que tem pequeno impacto ambiental. Um projeto desse, que vai afetar a maior bacia hidrográfica de Salvador, mudar a estrutura do rio, são mais de 10 km de margem concretados, será um empreendimento de pequeno impacto ambiental? Com certeza, não. A Constituição manda que seja feito um licenciamento diferente para empreendimentos que causam grande impacto\", defendeu o advogado.

Ambientalistas também criticam a obra e ressaltam a necessidade de salvar o rio. No início de junho, moradores da região realizaram uma caminhada pela orla pedindo mais atenção ao poder público para a manutenção do Rio Jaguaribe. Com faixas e cartazes, o grupo se reuniu em passeata pela Av. Octávio Mangabeira, pichando os tapumes e as placas de sinalização da obra.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador]
Cidade

Embarcação pega fogo no mar da Ribeira em Salvador

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2018 ⋅ 09:30 em Cidade

Testemunhas relataram que a embarcação estava atracada no Saveiro Clube, localizado na Avenida Portos dos Mastros. A Marinha também auxiliou a ação