Cidade

Bandido é feito de escudo e morre em assalto a ônibus na Av. Paralela

Três homens assaltam ônibus e são surpreendidos ao fugirem. Um dos passageiros atirou no trio, matando um dos assaltantes que foi feito de escudo pelos comparsas.

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Sedur

Por Bárbara Gomes no dia 02 de Junho de 2015 ⋅ 13:30

Homem foi usado como escudo por comparsas durante assalto a ônibus neste domingo (28), na avenida Paralela.  Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo o cobrador do transporte, o trio estava descendo do ônibus, próximo ao acesso do bairro de Narandiba, quando um passageiro atirou contra eles.

O assaltante feito de escudo morreu na escada do ônibus, os outros dois fugiram, mas foram recapturados no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Um dos assaltantes estava escondido dentro de uma matagal perto da União das Prefeituras da Bahia (UPB). Ele foi atingido no braço. O outro homem foi localizado em frente à Governadoria.

O dos assaltantes chegou a informar o nome errado para a polícia, mas a mãe dele desmentiu revelando o nome correto. A mãe disse que reconheceu o filho na reportagem da TV e viu que o nome estava incorreto. Já no hospital, a mãe esclareceu a informação.

O passageiro que atirou no trio não foi localizado. Conforme o cobrador, ele estava sentado na frente do veículo e  reagiu na saída dos bandidos. O trio entrou no ônibus na avenida São Rafael, ao passar na catraca anunciou o assalto e disseram que não iriam ferir o motorista, nem o cobrador, mas que queriam roubar os passageiros.

Notícias relacionadas

[AI-5 é uma 'mancha na vida do Brasil', diz MK; ouça]
Cidade

AI-5 é uma 'mancha na vida do Brasil', diz MK; ouça

Por Metro1 no dia 13 de Dezembro de 2018 ⋅ 08:48 em Cidade

Aniversário de 50 anos do decreto que endureceu a ditadura militar foi um dos assuntos trazidos por Mário Kertész em comentário na Rádio Metrópole

[Aeroporto de Salvador recebe segunda etapa de requalificações]
Cidade

Aeroporto de Salvador recebe segunda etapa de requalificações

Por Matheus Simoni no dia 12 de Dezembro de 2018 ⋅ 12:20 em Cidade

As adequações na infraestrutura são necessárias para a instalação da nova Central de Água Gelada (CAG), com maior capacidade de resfriamento e previsão para começar a ope...