Cidade

Aves silvestres são apreendidas em operação policial na região da Sete Portas

A Companha de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), da Polícia Militar, apreendeu na tarde desta quarta-feira (30), 48 aves no bairro de Sete Portas. A apreensão ocorreu durante uma operação na comunidade do Pela Porco, ao lado da Rodoviária Velha, e ocorreu após levantamento de informações do setor de inteligência da Coppa. [Leia mais...]

[Aves silvestres são apreendidas em operação policial na região da Sete Portas]
Foto : Divulgação

Por Cristiele França no dia 31 de Agosto de 2017 ⋅ 08:42

A Companha de Polícia de Proteção Ambiental (Coppa), da Polícia Militar, apreendeu na tarde desta quarta-feira (30), 48 aves no bairro de Sete Portas. A apreensão ocorreu durante uma operação na comunidade do Pela Porco, ao lado da Rodoviária Velha, e ocorreu após levantamento de informações do setor de inteligência da Coppa. Segundo a polícia, os pássaros seriam comercializados no mercado ilegal de animais silvestres.

As aves, de 10 espécies diferentes, foram resgatadas e após triagem para verificação do estado de saúde e condições, os animais serão devolvidos ao habitat natural.

Caso seja verificada alguma lesão, os pássaros vão passar por cuidados médicos veterinários até que estejam em condições de soltura.

Confira a relaõ de aves apreendidas no local:

10 Paroária Coronata (Cardeal)
13 Sicalis Flaveola (Canário da terra)
4 Sporophila Caerulenscens (Coleiro)
7 Sporophila Nigricolis (Papacapim)
1 Ramphocelus Bresilius (Tiê Sangue)
4 Turdus Rufiventris (Sabiá laranjeira)
2 Zonotrichia Capensis (Tico tico rei cinza)
3 Saltator Maximus (Trinca ferro)
2 Cyanocompsa Brissonii (Azulão)
2 Ginorimopsar Chopi (Pássaro preto)

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro