Cidade

Após demissões, novos terceirizados serão contratados para Hospital das Clínicas

O presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), Francisco Magalhães, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta sexta-feira (21), falou sobre a demissão dos 450 trabalhadores [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Apontador

Por Gabriel Nascimento no dia 21 de Agosto de 2015 ⋅ 10:03

O presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed), Francisco Magalhães, em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã desta sexta-feira (21), falou sobre a demissão dos 450 trabalhadores terceirizados do Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), o Hospital das Clínicas.

“Já tomei conhecimento dessa notícia. O Governo Federal realizou um concurso e ele está em vigor”, afirmou Magalhães. "Tem médico há 20 anos nessa posição de terceirizado. 450 pessoas devem ser demitidas e 450 contratadas. A informação que eu tenho é que só falta chamar essas pessoas. O concurso foi feito e está em vigor", ressaltou.

As demissões fazem parte do plano de reestruturação da unidade, comandado pela Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), órgão do Ministério da Educação (MEC), criado no ano de 2010 para administrar os hospitais universitários federais. De acordo com a assessoria do Hospital das Clínicas, o plano atende à Portaria 208 do MEC, que estabelece o dia 31 de dezembro de 2015, como prazo máximo para que todos os vínculos trabalhistas precários sejam extintos.

 

Notícias relacionadas