Cidade

MK critica ministro que "fala muito e faz pouco" e compara segurança do RJ e da BA; ouça

O pedido de explicações ao comandante do Exército — que ameaçou uma intervenção militar —, feito pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi um dos assuntos abordados no comentário de Mário Kertész, durante o "Bom Dia com MK", da Rádio Metrópole, nesta terça-feira (19). A declaração do general Antonio Hamilton Mourão foi dada na última sexta-feira (15). A resposta do ministro veio na segunda-feira (18). [Leia mais...]

[MK critica ministro que
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento no dia 19 de Setembro de 2017 ⋅ 07:24

O pedido de explicações ao comandante do Exército — que ameaçou uma intervenção militar —, feito pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi um dos assuntos abordados no comentário de Mário Kertész, durante o "Bom Dia com MK", da Rádio Metrópole, nesta terça-feira (19). A declaração do general Antonio Hamilton Mourão foi dada na última sexta-feira (15). A resposta do ministro veio na segunda-feira (18).

"Vocês viram isso? Pois bem. Aquele ministro que gosta de falar muito e fazer pouco, o da Defesa, pediu para o comandante do Exército avaliar uma punição para esse general. Mexe naquela casinha, mexe... Isso é um perigo. Esse general que falou isso é tido como falastrão, mesmo. Eu acho — mas não tenho que achar nada porque eu não sou ninguém — que isso deveria passar batido. Deixa lá. Mas não, fica fuçando, futucando, futucando", declarou.

MK ainda lembrou da situação de calamidade na segurança no Rio de Janeiro e comparou com o atual cenário baiano. "O Rio de Janeiro continua entregue a bandidagem e está cada vez pior. Aí eu acho engraçado quando a oposição ao governo, e com razão porque tem esse papel mesmo, fala da insegurança que tem na Bahia. Sim, tem, mas meu compadre, medindo com a insegurança do Rio, temos que dar graças a Deus de viver com um pouquinho de nada da liberdade", concluiu.

Ouça na íntegra:
 

Notícias relacionadas

[Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos]
Cidade

Fabrício Queiroz movimentou R$ 7 milhões em três anos

Por Leo Sousa no dia 20 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:00 em Cidade

Nos arquivos do Coaf consta que as movimentações financeiras de ex-motorista de Flávio Bolsonaro tiveram um volume maior do que o que foi divulgado em dezembro