Cidade

Justiça atende pedido da Defensoria e bloqueia bens de dona de lancha de Mar Grande

A Justiça determinou o bloqueio preventivo dos bens da CL Transporte Marítimo, depois do pedido feito pela Defensoria Pública da Bahia (DPE-BA) no dia 15 de setembro. A informação foi divulgada na noite da última quarta-feira (20). A empresa é proprietária da lancha Cavalo Marinho I, que fazia a travessia Salvador-Mar Grande e virou na Baía de Todos-os-Santos. [Leia mais...]

[Justiça atende pedido da Defensoria e bloqueia bens de dona de lancha de Mar Grande ]
Foto : Divulgação/SSP-BA

Por Gabriel Nascimento no dia 21 de Setembro de 2017 ⋅ 09:42

A Justiça determinou o bloqueio preventivo dos bens da CL Transporte Marítimo, depois do pedido feito pela Defensoria Pública da Bahia (DPE-BA) no dia 15 de setembro. A informação foi divulgada na noite da última quarta-feira (20). A empresa é proprietária da lancha Cavalo Marinho I, que fazia a travessia Salvador-Mar Grande e virou na Baía de Todos-os-Santos. A decisão foi tomada pelo juiz da 16ª Vara de Relações de Consumo, Maurício Lima de Oliveira.

De acordo com a Defensoria, a medida foi proposta para garantir futuras indenizações às famílias das 19 vítimas e vale também para o sócio da CL. Além de atender ao pedido, o juiz bloqueou 5% da renda líquida da CL. O dinheiro será depositado em uma conta e servirá para o pagamento de indenizações. A CL ainda não se manifestou sobre a decisão, sob o argumento de não ter sido notificada oficialmente.

Notícias relacionadas