Cidade

Após suspensão de contrato do Aeroclube, Prefeitura confirma Réveillon na Boca do Rio

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (25), que a realização do réveillon da cidade não está ameaçado. [Leia mais...]

[Após suspensão de contrato do Aeroclube, Prefeitura confirma Réveillon na Boca do Rio]
Foto : Reprodução/ Google Maps

Por Paloma Morais no dia 25 de Setembro de 2017 ⋅ 14:55

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), afirmou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (25), que a realização do réveillon da cidade não está ameaçada. De acordo com ele, mesmo com a decisão da anulação da suspensão do contrato com o Consórcio Parques Urbanos, grupo que detém a posse da área onde ficava o antigo shopping Aeroclube Plaza Show até 2052, a festa acontecerá normalmente na Boca do Rio. 

"O réveillon vai ser depois, ele não é sequer no parque. A gente vai pegar uma parte do parque, mas é depois do parque. A área do réveillon não está em discussão. Ela não é sequer alvo da Justiça", afirmou, detalhando onde será a festa. "Quando eu fiz a apresentação, o réveillon iria acontecer onde é hoje fica ali o estacionamento dos caminhões dos Correios. Você passa pelo aeroclube, passa pelo parque, a área é depois. Não existe nenhum tipo de risco para a realização do réveillon de Salvador", confirmou. 

Ainda de acordo com Neto, a Prefeitura não teve outro caminho ao não ser rescindir o contrato com a concessionária. Conforme relatou, o prazo para a construção de um novo shopping foi encerrado antes de a empresa sequer começar a construi-lo. Segundo o prefeito, tanto a Procuradoria do Município, como os órgãos envolvidos na concessão cumpriram rigorosamente todos os mandamentos do contrato que havia sido assinado com a concessionária.

Leia mais:

Juiz anula suspensão de contrato do aeroclube e réveillon de Salvador pode não acontecer mais na área

Notícias relacionadas

[Operação dos trens do subúrbio é normalizada ]
Cidade

Operação dos trens do subúrbio é normalizada

Por Juliana Almirante no dia 25 de Abril de 2019 ⋅ 12:47 em Cidade

Sistema operava parcialmente no início da manhã, nas estações Coutos e Paripe, devido ao vazamento em uma tubulação