Cidade

Em greve, funcionários da Bahiagás tentam acordo na tarde desta segunda

Em greve há quase uma semana, funcionários da Bahiagás -- concessionária estadual de distribuição de gás natural canalizado -- vão se reunir com a direção da empresa na tarde desta segunda-feira (24), às 15h, para tentarem acordo. O Sindicato dos Químicos da Bahia (Sindiquímica) informou que a negociação será mediada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Sindiquímica

Por Bárbara Gomes no dia 24 de Agosto de 2015 ⋅ 15:35

Em greve há quase uma semana, funcionários da Bahiagás -- concessionária estadual de distribuição de gás natural canalizado -- vão se reunir com a direção da empresa na tarde desta segunda-feira (24), às 15h, para tentarem acordo. O Sindicato dos Químicos da Bahia (Sindiquímica) informou que a negociação será mediada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

Na última sexta-feira (21), a categoria fez uma manifestação na Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com o objetivo de solicitar a intervenção do secretário da pasta, Marcus Cavalcanti, na abertura de um canal de negociação com o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza. O sindicato chegou a denunciar que a empresa tem pressionado os funcionários a acabarem com o movimento grevista. 

O diretor do Sindiquímica-BA, Carlos Itaparica, informou que a greve acontece por falta de avanços na campanha salarial. “Negociamos desde abril com a Bahiagás, mas, até agora, estamos sem resultados para a categoria que reivindica a inflação do período, além de 2,38% de ganho real, salário educação e cesta básica ”, disse. A paralisação atinge as unidades da Bahiagás de Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Itabuna, Mucuri e Eunapólis e afeta a distribuição de gás no estado. 

Notícias relacionadas