Cidade

Blatter diz não ter medo de ser preso e reage contra EUA

O presidente – recentemente reeleito – da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que não teme ser preso e acusou os Estados Unidos de tentar interferir na entidade ao provocar a operação que prendeu sete cartolas, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 30 de Maio de 2015 ⋅ 12:02

O presidente – recentemente reeleito – da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que não teme ser preso e acusou os Estados Unidos de tentar interferir na entidade ao provocar a operação que prendeu sete cartolas, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marin. Em conversa com a imprensa neste sábado (30), ele foi questionado se tem medo de ser detido por causa da investigação das autoridades americanas. "Preso por quê?", respondeu Blatter respondeu, visivelmente irritado.  

"Ninguém vai me tirar a ideia de que é apenas uma simples coincidência que a operação dos EUA tenha acontecido dois dias antes da eleição da Fifa. Ninguém tira isso da minha cabeça", afirmou Blatter. É a primeira vez que Blatter critica a ação norte-americana abertamente desde a prisão dos dirigentes, acusados nos Estados Unidos de envolvimento em um esquema de corrupção que envolve US$ 150 milhões.


"Há sinais que não podem ser ignorados. Os americanos eram candidatos para a Copa de 2022 e perderam. Os ingleses foram candidatos em 2018 e perderam. Temos respeito ao sistema judicial dos Estados Unidos e à secretária Justiça. Se eles sofreram um crime financeiro, eles devem prender essas pessoas lá, não em Zurique durante o Congresso da Fifa", disse.

 

Comentarios

Notícias relacionadas

[Acidente com caminhão deixa um morto e seis feridos]
Cidade

Acidente com caminhão deixa um morto e seis feridos

Por Rodrigo Daniel Silva/Cristiele França no dia 17 de Julho de 2018 ⋅ 09:23 em Cidade

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, um idoso não resistiu aos ferimentos; cinco vítimas são mulheres