Cidade

Jovem agredido no bairro da Graça no carnaval tem morte cerebral

"Foi confirmado que ele teve uma morte cerebral. Infelizmente perdemos um ente querido. Uma vida se foi. E a gente só quer justiça. Foi um crime gratuito, sem explicação, sem motivo. Uma perda para a família. Eu cresci, fui criado com ele, mesmo sendo tio, temos praticamente a mesma idade. Fomos criados juntos, tivemos infância juntos. É muito difícil", lamentou o tio da vítima, Hayron Hamilton. [Leia mais...]

[Jovem agredido no bairro da Graça no carnaval tem morte cerebral]
Foto : Reprodução/ TV Bahia

Por Metro1 no dia 14 de Fevereiro de 2018 ⋅ 17:27

Primeiro caso fatal relacionado ao Carnaval de Salvador, o jovem Kaique Moreira Abreu, 22 anos, teve a morte cerebral decretada na tarde desta quarta-feira (14) no Hospital Português. Ele estava internado em estado gravíssimo após ser espancado na madrugada da sexta (10) no bairro da Graça e terá os aparelhos desligados nesta quinta (15).

A informação foi confirmada pelo tio da vítima, Hayron Hamilton, que disse que a família decidiu fazer a doação dos órgãos. Consultada pelo Metro1, a assessoria da Secretaria de Segurança Pública diz desconhecer a informação. A unidade de saúde não atendeu aos chamados.

"Estava brincando carnaval, aí ele se perdeu do primo e dos amigos que ele foi para o carnaval. Inclusive ele tinha até me chamado, mas eu falei para ele que eu não ia porque teria que trabalhar. No que ele se perdeu, foi voltar para casa. Quando estava voltando para casa simplesmente foi surpreendido com um murro na boca e, após ele cair no chão, assim que ele caiu, o agressor ainda deu um chute na cabeça. E foi confirmado que ele teve uma morte cerebral. Infelizmente perdemos um ente querido. Uma vida se foi. E a gente só quer justiça. Foi um crime gratuito, sem explicação, sem motivo. Uma perda para a família. Eu cresci, fui criado com ele, mesmo sendo tio, temos praticamente a mesma idade. Fomos criados juntos, tivemos infância juntos. É muito difícil", lamentou o parente, em entrevista à imprensa.

Três pessoas estão envolvidas no crime, de acordo com o chefe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), José Bezerra Alves Junior.

Edson Rodrigues, 26, foi preso e assumiu que atingiu a vítima sem motivo, para revidar uma agressão sofrida no circuito Dodô (Barra-Ondina), e um adolescente também foi apreendido e encaminhado à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI). O terceiro suspeito continua foragido.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Combustível no aeroporto de Salvador só dura até domingo]
CidadeGREVE DOS CAMINHONEIROS

Combustível no aeroporto de Salvador só dura até domingo

Por Matheus Simoni no dia 25 de Maio de 2018 ⋅ 13:30 em Cidade

Solicitações de voos oriundos de outros terminais serão avaliadas pontualmente pela concessionária, a fim de garantir a programação local e assegurar a mobilidade dos pas...