Cidade

Plano de contingência atende a pelo menos 50% dos passageiros, diz Mota

"Estimamos 40%, 50% das pessoas que pegam ônibus todos os dias", afirmou secretário; demanda diária é de 1,3 milhão de passageiros

[Plano de contingência atende a pelo menos 50% dos passageiros, diz Mota ]
Foto : Ângelo Pontes/Secom-PMS

Por Gabriel Nascimento no dia 23 de Maio de 2018 ⋅ 09:19

O secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, afirmou que o plano de contingência feito pela Prefeitura de Salvador – composto por vans e microônibus – atende a quase metade dos passageiros neste dia de greve dos rodoviários. Em entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, o chefe da pasta disse esperar o fim do movimento pela tarde.

"No dia a dia da cidade, os ônibus transportam 1,3 milhão de pessoas. Não tinhamos a pretensão de fazer esse transporte. Definimos os principais roteiros, fizemos uma reunião da Semob com todas as cooperativas e estimamos 40, 50% das pessoas que pegam ônibus todos os dias", declarou.

Os rodoviários estão em greve desde a madrugada em prol de reajuste salarial e outros benefícios.

Notícias relacionadas