Cidade

Depois de quarta-feira, abastecimento de ambulâncias vai depender de escolta

A reserva de combustível poderá ser ampliada caso seja consolidada uma operação entre a Guarda Municipal e a Transalvador

[Depois de quarta-feira, abastecimento de ambulâncias vai depender de escolta]
Foto : Manu Dias/GOVBA

Por Luiza Leão no dia 25 de Maio de 2018 ⋅ 17:41

Ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e outras viaturas prestadoras de serviços da Prefeitura de Salvador vão ter o funcionamento "plenamente garantido" até a quarta-feira (30), de acordo com informações divulgadas no fim da tarde de hoje (25) pelo prefeito ACM Neto.

Em coletiva de imprensa, no Palácio Thomé de Souza, o gestor afirmou que há uma reserva de combustível que poderá ser ampliada se um equema de escolta montado pela Transalvador (Superintendência de Trânsito de Salvador) em parceria com a Guarda Civil Municipal for concretizado.

"Estamos conversando com um dos fornecedores de combustíveis para tentar ampliar a reserva já desenhada pela prefeitura. Se nós conseguirmos escolta, esse trabalho está sendo organizado, vamos ter a ampliação da reserva de combustível. Mas ainda não é certo. Precisamos ver se esse esquema de escolta vai funcionar ou não", disse.

Notícias relacionadas