Cidade

Mulheres são mais vítimas de pessoas conhecidas, aponta IBGE

O gênero feminino amarga mais uma diferença em relação aos homens. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira (2) dados da Pesquisa Nacional de Saúde que revelam que as mulheres estão mais suscetíveis a violência cometida por pessoas conhecidas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 02 de Junho de 2015 ⋅ 11:39

O gênero feminino amarga mais uma diferença em relação aos homens. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta terça-feira (2) dados da Pesquisa Nacional de Saúde que revelam que as mulheres estão mais suscetíveis a violência cometida por pessoas conhecidas. Nos 12 meses anteriores ao levantamento, 3,1% da população feminina com mais de 18 anos (2,5 milhões de mulheres) tinham sofrido violência física, verbal ou emocional. Em relação aos homens adultos, a proporção era quase a metade: 1,8% (1,2 milhão).

Na análise da média nacional, independentemente do sexo da vítima, as maiores proporções foram verificadas nas regiões Norte (3,2%) e Sul (3%). A faixa etária mais suscetível a sofrer violência ou agressão de pessoa conhecida era a de 18 a 29 anos (3,2%). O nível de instrução mais comum entre os que sofreram algum tipo de ato de violência cometido por pessoas que elas conheciam era o ensino fundamental completo e médio incompleto (2,8%).

Quando se trata de vítimas de violência oriunda de pessoas desconhecidas, homens e mulheres ficam no mesmo patamar. A proporção de homens vítimas de violência foi calculada em 3,7% (2,5 milhões), um ponto percentual a mais em comparação com as mulheres.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Acidente com caminhão deixa um morto e seis feridos]
Cidade

Acidente com caminhão deixa um morto e seis feridos

Por Rodrigo Daniel Silva/Cristiele França no dia 17 de Julho de 2018 ⋅ 09:23 em Cidade

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, um idoso não resistiu aos ferimentos; cinco vítimas são mulheres