Cidade

Tia Má sofre mais um ataque racista pela internet

Jornalista voltou a ser chamada de "macaca" em uma rede social, seis meses após o último caso denunciado

[Tia Má sofre mais um ataque racista pela internet]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Juliana Rodrigues no dia 19 de Setembro de 2018 ⋅ 11:20

A jornalista baiana Maíra Azevedo, conhecida como Tia Má, voltou a ser alvo de ataques racistas pela internet. Na noite de ontem (18), ela compartilhou capturas de tela de um internauta que a chamou de "macaca" em um comentário da página dela no Facebook. 

Na legenda da imagem, a jornalista desabafou: "O racismo não nos dá descanso! Ser mulher preta altiva é saber que os racistas insistem em nos aniquilar. Um jovem, com uma postura tão reacionária. Não foi a primeira vez, não será a última...porque o racismo e racistas perseguem pessoas pretas por todas as partes e ainda dizem que nosso discurso é #vitimismo e #mimimi! O racismo quando não mata, enlouquece!".

Em março, Maíra foi atacada durante uma transmissão ao vivo no Instagram, quando um usuário da rede social a chamou de "monkey" (macaca em inglês). Pouco depois, o mesmo internauta ameaçou a jornalista de morte. Ela denunciou o caso ao Ministério Público da Bahia e à 1ª Delegacia, nos Barris. Após investigação, a polícia chegou ao acusado, que foi identificado como José Raimundo Pitta Júnior, de 23 anos. Ele assumiu a autoria dos crimes de injúria racial e ameaça.

Notícias relacionadas