Cidade

Ambulatório do Hupes voltado para 'processo transexualizador' pelo SUS começa a operar hoje

Inicialmente, a unidade deverá oferecer apenas serviços ambulatoriais; terapia hormonal será fornecida no início de 2019

[Ambulatório do Hupes voltado para 'processo transexualizador' pelo SUS começa a operar hoje]
Foto : Divulgação/Ufba

Por Juliana Rodrigues no dia 05 de Outubro de 2018 ⋅ 11:20

O ambulatório transexualizador do Hospital Universitário Professor Edgard Santos começa a funcionar hoje (5).

A unidade, que é conhecida como Hospital das Clínicas e ligada à Universidade Federal da Bahia, é a primeira a oferecer o serviço pelo Sistema Único de Saúde no estado.

A habilitação para realizar o "processo transexualizador" foi concedida ao Hupes pelo Ministério da Saúde no último mês de julho.

Inicialmente, serão oferecidos apenas serviços ambulatoriais, mas as marcações já começaram e podem ser feitas de segunda a sexta, entre 1h da tarde e 7h da noite, no prédio do Ambulatório Magalhães Neto, no centro de Salvador.

Os interessados devem ser maiores de 18 anos e apresentar documento de identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência. O atendimento acontece às sextas.

A unidade deve começar a fornecer a terapia hormonal no início do próximo ano. Já as cirurgias de redesignação sexual só devem acontecer após autorização do Ministério da Saúde.

Uma equipe multidisciplinar, com endocrinologistas, enfermeiros, assistentes sociais, psiquiatras e psicólogos, deverá fazer o acompanhamento das pessoas trans que procurarem o ambulatório.
 

Notícias relacionadas