Cidade

Assassino de Moa do Katendê pode ser condenado a 70 anos de prisão 

Ainda de acordo com o promotor Davi Gallo, o MP apurou que a motivação do crime foi mesmo política

[Assassino de Moa do Katendê pode ser condenado a 70 anos de prisão ]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 18 de Outubro de 2018 ⋅ 17:41

Autor da denúncia no Ministério Público (MP) contra o barbeiro Paulo Sérgio Ferreira, assassino confesso de Moa do Katendê, o promotor Davi Gallo afirmou, à Rádio Metrópole, que o barbeiro pode ser condenado a 70 anos de prisão. 

"Com relação ao homicídio de Moa, pedimos de 12 a 30 anos, mas tem o agravante da idade da vítima, que aumenta em um terço. Além disso, tem a tentativa de assassinato contra o primo de Moa, que pode render pensa de 10 a 20 anos. Aí é uma conta que o juiz tem que fazer", afirmou.

Ainda de acordo com Gallo, o MP apurou que a motivação do crime foi mesmo política. "Houve uma discussão de preferência de candidatos à Presidência da República, gerou-se uma discussão, cada um defendendo seu ponto de vista e ganhou um contorno de discussão acirrada. O acusado saiu, foi até a sua casa, municiou-se de uma faca e esfaqueou a vítima até a morte", narrou. 

Notícias relacionadas