Cidade

Rodoviários ameaçam 'travar a cidade' caso linhas sejam extintas em Salvador

Primo ainda pediu a compreensão do governo do Estado, Prefeitura e Ministério Público para avaliar a situação do problema

[Rodoviários ameaçam 'travar a cidade' caso linhas sejam extintas em Salvador]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Matheus Simoni no dia 30 de Novembro de 2018 ⋅ 09:26

O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários da Bahia, Fábio Primo, levantou preocupação sobre a suposta extinção de linhas no transporte urbano de Salvador. Em entrevista a José Eduardo no Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole hoje (30), ele falou das manifestações marcadas para esta sexta-feira em toda a cidade. Ele ainda afirmou que não há nenhum indicativo de paralisação, mas prometeu "travar a cidade" com protestos caso a extinção seja confirmada.

"Vamos fazer grandes manifestações e travar a cidade. Temos um exército grande, a categoria está imbuída", declarou.

Primo ainda pediu a compreensão do governo do Estado, Prefeitura e Ministério Público para avaliar a situação do problema. "A gente não quer deixar a impressão de que está pautando o MP e o governo ou prefeitura, ou até pressionando. Entregamos documentos com o número de linhas cortadas. Vamos aguardar semana que vem, acreditamos num bom senso de todos e vão entender que a categoria é muito importante para a cidade. Se o prefeito quer fazer política, não vai usar a gente e nem o sindicato", declarou.

De acordo com o Sindicato, desde o início da operação integrada com o metrô, 3.680 rodoviários foram demitidos.
 

Notícias relacionadas