Cidade

Contrato de R$ 50 milhões entre Transalvador e empresa é investigado pelo MP

O Ministério Público da Bahia irá investigar o contrato firmado entre a Transalvador e a empresa carioca “Rodando Legal” para prestação de serviços de pátio, incluindo a remoção, guarda, depósito de veículos apreendidos ou removidos. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Rafael Moraes/Extra

Por Matheus Simoni no dia 03 de Junho de 2015 ⋅ 15:33

O Ministério Público da Bahia irá investigar o contrato firmado entre a Transalvador e a empresa carioca “Rodando Legal” para prestação de serviços de pátio, incluindo a remoção, guarda, depósito de veículos apreendidos ou removidos.

Diversas investigações em torno da empresa foram realizadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que instaurou o inquérito civil para questionar a legalidade dos leilões promovidos pela empresa no município de Macaé, onde a "Rodando Legal" tem sede.

De acordo com reportagem do site Bocão News, a promotora de Justiça, Rita Tourinho, afirmou que o MP-BA já estava acompanhando essa licitação. "Estamos com esse procedimento desde a primeira licitação que foi cancelada. A própria Transalvador reconheceu as irregularidades e cancelou o processo inicial", disse ela, que também ressaltou que não possui detalhes da atual situação do processo, que está sob análise.

Notícias relacionadas