Cidade

Monumento ao Dois de Julho passa por restauração após 16 anos

A expectativa é que a ação seja finalizada para as comemorações do Dois de Julho

[Monumento ao Dois de Julho passa por restauração após 16 anos]
Foto :Jefferson Peixoto/Secom

Por Alexandre Galvão no dia 10 de Abril de 2019 ⋅ 19:00

Um dos símbolos mais expressivos da Independência do Brasil na Bahia, o Monumento ao Dois de Julho, na Praça do Campo Grande, passa por uma completa restauração. A intervenção é coordenada pela Prefeitura, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), e executada pelo Studio Argolo Antiguidades e Restaurações. A última ação do tipo feita no monumento, pela mesma empresa, ocorreu há 16 anos.

A expectativa é que a ação seja finalizada para as comemorações do Dois de Julho, de forma que a população possa celebrar o evento sem prejuízos. “A empresa (Studio Argolo) está empenhada para entregar a obra nesta data, embora o contrato preveja prazo até final de setembro. Por se tratar de restauro, pode haver surpresas. Há muitas peças para fazer réplicas e reconstituições em bronze, que devem ser feitas em São Paulo”, pondera Milena Tavares, diretora de Patrimônio e Humanidades da FGM.

Notícias relacionadas