Cidade

Secretário de educação de Lauro de Freitas se diz surpreso com greve

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ Asprolf

Por Bárbara Gomes no dia 14 de Maio de 2015 ⋅ 11:16

O secretário de Educação de Lauro de Freitas, Marcelo Abreu, afirmou estar surpreso com a deflagração de greve da categoria, prevista para próxima segunda-feira (18). Segundo Abreu, desde o início das manifestações, a Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas (PMLF) tem tido sensibilidade em dialogar com a categoria.

 "Foram seis reuniões realizadas entre governo e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Lauro de Freitas (Asprolf), deixando clara a intenção de ouvir, discutir e buscar soluções, dentro do que é pacífico com a legislação e condições do município", disse nota enviada à imprensa.  

Na última reunião, segundo o secretário, a categoria aceitou o reajuste do piso de 10% - maior que o nacional, a ser totalmente pago escalonado, ainda este ano. Também teria sido acordada na oportunidade, a criação de uma comissão paritária para que todas as reivindicações integrantes da pauta sejam analisadas em conjunto governo/categoria. "Não havendo razão para intransigência quando estamos abertos, buscando solução e atendendo aonde o município pode honrar", afirma.

Notícias relacionadas