Cidade

Funcionários da UPA do Barris paralisam parte das atividades hoje

Gestora da unidade alega falta de repasse da prefeitura; secretaria diz que está dentro de prazo legal para pagamento

[Funcionários da UPA do Barris paralisam parte das atividades hoje]
Foto : Divulgação

Por Juliana Almirante no dia 14 de Agosto de 2019 ⋅ 09:00

Parte dos funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris cruzou os braços no início da manhã de hoje, em protesto contra o atraso no pagamento de salários.

Os trabalhadores informaram à TV Record que os serviços de emergência foram mantidos e parte dos demais atendimentos foi suspenso.

Procurada pelo Metro1, a Fundação José Silveira, responsável pela gestão da UPA, informou que aguarda da prefeitura o repasse dos recursos do mês de junho, para então efetuar os pagamentos aos funcionários. 

Já a Secretaria de Saúde do Município (SMS) informou, em nota, que a gestão encontra-se dentro do prazo legal previsto por contrato para pagamento da Fundação José Silveira. "Técnicos da SMS foram encaminhados ao local para notificar a empresa prestadora e verificar o motivo do suposto atraso dos salários dos trabalhadores do posto", diz o comunicado.

Notícias relacionadas