Cidade

'Custo de não ação é mais alto do que investir em tecnologias práticas', diz especialista sobre financiamento climático

A Semana do Clima ainda reuniu especialistas e gestores

['Custo de não ação é mais alto do que investir em tecnologias práticas', diz especialista sobre financiamento climático]
Foto : Bruno Concha/Secom

Por Metro1 no dia 20 de Agosto de 2019 ⋅ 21:00

Hoje (20), durante o segundo dia da Semana Latino-Americana e Caribenha sobre Mudança do Clima, em Salvador (BA), Bárbara Brakarz, especialista sênior do Clima e Sustentabilidade da Divisão de Mudanças Climáticas do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), falou sobre a importância de investimento e financiamento de projetos relacionados aos efeitos climáticos no mundo.

"Nós vemos cada vez mais que o custo de não ação é muito maior do que o custo de se desenvolver ou se investir em uma infraestrutura urbana resiliente. O custo de não ação é muito mais alto do que se investir em tecnologias práticas de agricultura de baixo carbono, enquanto estamos trabalhando na Amazônia, ou na Mata Atlântica para assegurar as necessidades do país", disse.

A chefe da BID, Amal-Lee Amin, disse que o banco se propôe a ter uma infraestrutura sustentável para avançar com essa linha de projeto com questões de sustentabilidade.

A Semana do Clima ainda reuniu especialistas e gestores para falarem sobre as "Perspectivas do setor financeiro - desafios e soluções para financiamento climático para cidades". 

Notícias relacionadas

[Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma ]
Cidade

Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Setembro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

A Superintendência de Obras Públicas (Sucop) não respondeu, mas o Diário Oficial do Município denunciou: a empresa vencedora da licitação foi a Qualy Engenharia