Cidade

Prefeitura quer proibir comerciantes de usarem sacos e canudos plásticos

Caso o projeto seja aprovado, o prazo para adaptação é de um ano, em relação às sacolas, e três meses em relação aos canudos

[Prefeitura quer proibir comerciantes de usarem sacos e canudos plásticos]
Foto : Max Haack/Secom/PMS

Por Kamille Martinho no dia 22 de Agosto de 2019 ⋅ 15:00

Visando diminuir a emissão de carbono no meio ambiente, a prefeitura de Salvador planeja proibir o uso de sacolas e canudos plásticos descartáveis.

De acordo com um comunicado, um projeto de lei sobre o tema será enviado à Câmara de Vereadores nas próximas semanas. Se aprovada, a medida valerá para pequenos, médios e grandes comerciantes da cidade.

"Essa é uma ação concreta de um conjunto de providências que vamos tomar dentro desse plano de mitigação, para que possamos neutralizar a emissão de carbono e tornar Salvador mais sustentável", afirmou o prefeito ACM Neto.

Os comerciantes terão um ano para se adaptarem às restrições em relação às sacolas, e três meses em relação aos canudos.

Notícias relacionadas

[Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma ]
Cidade

Mercado Municipal de Cajazeiras: 2 anos em reforma 

Por Alexandre Galvão no dia 19 de Setembro de 2019 ⋅ 09:00 em Cidade

A Superintendência de Obras Públicas (Sucop) não respondeu, mas o Diário Oficial do Município denunciou: a empresa vencedora da licitação foi a Qualy Engenharia