Cidade

Falso veterinário é condenado por atuar ilegalmente em Salvador

O denunciado afirmava ser estudante e utilizava o registro de um profissional com inscrição válida no Conselho Regional de Medicina Veterinária

[Falso veterinário é condenado por atuar ilegalmente em Salvador]
Foto : Dênio Simões/Agência Brasília

Por Juliana Almirante no dia 24 de Agosto de 2019 ⋅ 18:40

Um falso médico-veterinário foi condenado pela Justiça baiana por exercício ilegal da profissão no bairro de Itapuã, em Salvador. A informação foi divulgada pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA) ontem (23).

A condenação foi resultado de uma representação formulada pelo conselho ao Ministério Público Estadual.

O denunciado afirmava ser estudante de Medicina Veterinária e utilizava o registro de um profissional com inscrição válida no Conselho.

A clínica onde ele atuava também não tinha registro no CRMV-BA e não contava com médico-veterinário como responsável técnico.

As provas foram encaminhadas ao Ministério Público, que denunciou o falso profissional com base na Lei de contravenções penais.

Ele foi condenado a uma pena restritiva de direitos que consiste no pagamento de cestas básicas.

De acordo com o CRMV-BA, o exercício ilegal da medicina veterinária não é considerado crime, mas a prática, além de por em risco a vida do animal, expõe a sociedade a problemas de saúde e pode contaminar o meio ambiente.

Notícias relacionadas