Cidade

Cartela da Zona Azul será vendida apenas por aplicativo a partir desta terça-feira

Créditos podem ser comprados com antecedência ou no momento em que o motorista for estacionar o veículo

[Cartela da Zona Azul será vendida apenas por aplicativo a partir desta terça-feira]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 14 de Outubro de 2019 ⋅ 14:20

As cartelas de papel da Zona Azul não serão mais comercializadas a partir de amanhã (15). Agora, o sistema funcionará somente através do modelo digital, que encerra o prazo de 12 meses, estabelecido pela (Superintendência de Trânsito do Salvador) Transalvador, para concluir a digitalização do modelo na cidade.

A Transalvador conta com 11 aplicativos cadastrados para oferecer os tíquetes de estacionamento. Os créditos podem ser comprados com antecedência ou no momento em que o motorista for estacionar o veículo. 

Os valores cobrados pela vaga não sofrerão alterações: R$ 3 por 2h, R$ 6 por 6h e R$ 9 por 12h. Em eventos, a cobrança pode variar entre R$ 10 e R$ 20, dependendo da sinalização. Além disso, o usuário poderá utilizar uma tolerância de 15 minutos. Caso saia da vaga dentro desse prazo, o valor adquirido ficará como crédito para uma nova utilização.

Notícias relacionadas