Cidade

Pernambués: moradores de edifício decidem reformar imóvel embargado

Os moradores do edifício Jardim Brasília, que foi interditado em Pernambués, preferiram optar pelarecuperação do prédio, que corre risco de desabar. Após reunião realizada no domingo (7), os moradores decidiram contratar uma empresa para a reforma, com o objetivo de recuperar o imóvel. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ Jornal da Mídia

Por Bárbara Gomes no dia 09 de Junho de 2015 ⋅ 20:08

Os moradores do edifício Jardim Brasília, que foi interditado em Pernambués, preferiram optar pela  recuperação do prédio, que corre risco de desabar. Após reunião realizada no domingo (7), os moradores decidiram contratar uma empresa para a reforma, com o objetivo de recuperar o imóvel.

Desde o dia 23 de maio, os 32 apartamentos do Jardim Brasília foram desocupados e os moradores desabrigados. A Defesa Civil (Codesal) identificou o risco de desabamento, com presença de rachaduras que apareceram após as fortes chuvas em Salvador.

"A notificação da Codesal diz que o prédio deve ser demolido ou recuperado. Os moradores decidiram pela segunda opção", esclareceu o advogado dos condôminos, José Alexandrino Costa Filho para o Correio da Bahia. Mas o advogado ressaltou que ainda há muito trabalho, a empresa a ser contratada ainda vai estudar a extensão dos estragos, analisar os custos da reforma e determinar os prazos para entrega.

A construção do edifício foi concluída há quatro anos e já foi embargada pela Sucom em 2010. A obra deveria ter quatro andares, mas foi concluída com nove. Em seguida descobriram que o edifício tinha o documento de autorização de moradia falsificado.

Comentarios

Notícias relacionadas