Cidade

Governo anuncia privatização do Porto de Aratu no plano de concessões

O Porto de Aratu será mesmo privatizado, conforme adiantou o governador Rui Costa. A confirmação foi feita pelo governo federal, nesta terça-feira (9), como parte de um pacote de concessões em várias regiões do país.

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/ NBR

Por Juliana Almirante no dia 09 de Junho de 2015 ⋅ 11:15

O Porto de Aratu será mesmo privatizado, conforme adiantou o governador Rui Costa nesta segunda-feira (8). A confirmação foi feita pelo governo federal, nesta terça (9), como parte de um pacote de concessões em várias regiões do país.  Além do terminal baiano, rodovias, ferrovias, outros portos e aeroportos integram o conjunto de estruturas que passam para a iniciativa privada.  De acordo com o governo, esta fase do Programa de Investimento em Logística (PIL) soma investimentos de quase R$ 200 bilhões.

A concessão do Porto de Aratu integra a segunda etapa do arrendamento dos portos. Assim como outros 20 portos que fazem parte deste segundo bloco, o terminal baiano deverá ser licitado por outorga, com previsão de licitação no primeiro semestre de 2016. A previsão de investimento é de R$ 326,4 milhões, com prazo de concessão de 25 anos. 
 
Do total de investimentos, serão R$ 66,1 bilhões são em rodovias, R$ 86,4 bilhões em ferrovias, R$ 37,4 bilhões em portos e R$ 8,5 bilhões em aeroportos.  O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, acredita que, com mais produtividade, o governo vai poder arrecadar mais e oferecer serviços públicos com maior qualidade: "É fundamental aumentar a taxa de investimento no Brasil".

Notícias relacionadas